fbpx
Branding - gestão de marca

O que é design thinking e como usá-lo no marketing?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O que é design thinking e como usá-lo no marketing?

O termo design thinking se tornou muito popular. Ela surgiu para auxiliar empresas que desejam ampliar o seus resultados e horizontes. E pode ser uma excelente alternativa para resolver problemas dentro do marketing.  Isso porque ele é focado na criação de soluções, por meio de um processo criativo. Basicamente o design thinking consegue achar novas alternativas dentro do marketing.

Design thinking o que é?

Mas afinal de contas, o que é design thinking? Em tradução livre seria pensar como um designer.

Esse conceito surgiu lá em 1969 o livro The Science of the Artificial. Posteriormente foi lançado o design thinking livro do autor Tim Brown. Nessa obra ele define o conceito como uma forma de criar novas soluções, mas a partir da visão dos consumidores finais. Para que isso ocorra, é necessário se trabalhar de forma colaborativa, criativa e com empatia.

O designer thinking (profissional especializado nesse método) tem uma visão mais ampla sobre o desenvolvimento de ideais. Isso porque, ele não leva em conta apenas o mercado.

Ele avalia toda a questão emocional, cognitiva e estética que de alguma forma consegue impactar as experiências humanas. Ou seja, ele possui uma visão mais humanizada, que foca totalmente no consumidor.

O design thinking se baseia em quatro etapas:

  1. Imersão: Nessa primeira fase as equipes se unem para mostrar diferentes pontos de vista até que cheguem até o problema real da questão, bem como as necessidades e oportunidades.
  2. Análise: Nessa segunda etapa o objetivo é analisar e entender de forma mais profunda o problema em questão
  3. Ideação: Esse é tão conhecido brainstorming, ou seja, o momento de geração de ideias. A partir das informações coletadas, todos em conjunto tentam propor soluções inovadoras.
  4. Prototipagem: Nessa última etapa, as ideias começam a ser construídas e testadas. Dessa forma, é possível identificar possível falhas e melhorias.

Como o  design thinking pode ajudar o marketing de modo geral?

Um dos grandes problemas enfrentados pelo marketing na atualidade é que ainda existem muitos métodos tradicionais que não são mais efetivos, mas, que continuam sendo utilizados. Abordagens essas que são focadas exclusivamente na empresa.

Os interesses da marca ficam sobrepostos, o que acaba prejudicando totalmente os seus resultados. Isso porque, nas últimas décadas o comportamento do consumidor bem como o mercado mudou completamente.

Hoje, os consumidores são mais exigentes e não aceitam qualquer coisa. As empresas não conseguem mais simplesmente “empurrar” produtos e serviços para cima deles.  Isso porque, os clientes estão em busca de soluções que realmente atendam as suas necessidades. Logo, eles pesquisam ao máximo quais as alternativas, e como elas podem ajudar.

O design thinking pode ser útil no marketing justamente porque, através desse processo criativo, é possível criar soluções eficientes para a PERSONA. Ou seja, o foco é totalmente no cliente, e em como ele pode ficar satisfeito de diferentes pontos de vista.

Utilização do design thinking no marketing

O design thinking pode ser utilizado em diferentes etapas e aspectos do marketing. E é justamente isso que o torna tão eficaz para as marcas.  Confira abaixo alguns exemplos de como aplicar esse conceito dentro de diferentes abordagens do marketing.

  • Inbound marketing

O inbound marketing é uma das estratégias mais utilizadas na atualidade. Isso porque ela segue justamente esse novo comportamento dos consumidores que estão em busca de informações para tomarem as melhores decisões.

O design thinking pode ser útil nesse aspecto em vários sentidos. Por exemplo, você pode usá-lo para criar equipes multidisciplinares.

Dessa forma, é possível criar ideias complementares que tornem as ações focadas nos consumidores mais eficazes. Existe um certo tabu que diz que as ideias dessa abordagem devem vir de profissionais como produtores de conteúdo e redatores.

Contudo, isso é um erro. Os vendedores, por exemplo, podem ter muito a oferecer para a sua empresa. Afinal de contas são eles que estão constantemente em contato com os leads.

Logo, eles possuem uma visão diferente, que pode complementar ideias de inbound marketing.

  • Colaboração externa

Mais uma das formas do design thinking auxiliar o marketing é através da colaboração externa. Muitas empresas focam na colaboração interna, ou seja, na integração de equipes.  E esse aspecto é realmente benéfico. Contudo, a colaboração externa também pode ajudar e muito o seu negócio.

Afinal de contas, quem melhor para validar as ideias e ações do seu negócio do que os próprios clientes?

E é justamente nisso que o design thinking pode te ajudar. Através dele e da criação de canais de comunicação com os consumidores, será possível desenvolver soluções que sejam realmente efetivas para a persona.

E atualmente criar esses canais se tornou extremamente fácil. As próprias redes sociais podem ser utilizadas para estabelecer essa conexão direta entre a sua empresa e os consumidores.

A partir de avaliações e opiniões desses clientes, será possível criar campanhas de marketing, por exemplo, que tenham um alcance e aceitação maiores.Baixar ebook

  • Branding

Cada vez mais as marcas têm visto como a imagem delas é determinante nos seus resultados. Um simples escorregão pode destruir uma identidade construída por anos.  E, ao mesmo tempo, uma empresa que consegue trabalhar bem esse aspecto, pode duplicar os seus resultados rapidamente.

E o design thinking pode ser utilizado na elaboração de branding. Afinal de contas, um dos focos dele é justamente a forma como a marca se relaciona com as pessoas, no caso os consumidores.

E como essa prática é justamente focada nos indivíduos, e em diferentes aspectos de suas relações (emocionais, afetivas, cognitivas entre outras), ela acaba sendo muito útil para a construção de uma imagem forte da empresa.

Quando você utiliza o design thinking e começa a olhar com mais empatia para o outro, se torna muito mais fácil compreender as suas dores. E é justamente a partir dessa compreensão que será possível desenvolver ações assertivas, que ajudem no fortalecimento da identidade da empresa, e, ao mesmo tempo, fomentem a ligação com os consumidores.

Através dessa prática, você conseguirá propor novas experiências que façam os consumidores associarem a sua marca a coisas positivas.  Viu como o design thinking pode ajudar em diferentes aspectos do marketing? Tudo é uma questão de usar esse processo para focar no seu consumidor.

Gostou desse post? 

Separamos um texto complementar de um blog que a gente gosta muito. No link a seguir você além de aprender 5 dicas de sucesso para a sua estratégia de marketing digital. Essas estrategias associadas com o que você aprendeu aqui dede design thinking: é batata não tem como não ter um negocio de sucesso na internet

 

Growth Hacker especialista em E-commerce, inbound e Branding. Idealizador do projeto e-commerce na Rock Content e com a carreira voltada para a inovação tendo atuado no GOV-MG, Sebrae e Bolt Brasil

Deixe um comentário

Pin It

Assine nossa newsletter

48.000 pessoas não podem estar enganadas.

Não enviamos SPAM. Seus dados estão seguros.