fbpx
E-commerce

Facebook Shops: Tudo o que você precisa saber!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O Facebook Shops é uma das mais recentes ferramentas da plataforma. A rede social já reina na internet, somando quase 3 bilhões de usuários que utilizam algum de seus serviços. 

E a nova ferramenta chega para atender um nicho que também cresce a passos largos, principalmente durante esse período de crise, o e-commerce

Somente no primeiro semestre de 2020 o comércio eletrônico teve um crescimento de 145%. Ele já vinha registrando excelentes números nos últimos anos, mas a pandemia acabou aquecendo ainda mais o setor. Afinal de contas, as pessoas passaram a fazer mais compras online. 

E a nova ferramenta do grupo de Mark Zuckerberg promete ajudar os pequenos negócios a ganharem mais espaço dentro desse mercado que tende a se tornar ainda mais forte nos próximos anos. 

O que é o Facebook Shops? 

O Facebook Shops foi lançado em maio e é uma ferramenta de criação de lojas online voltada para pequenos negócios. Ela é totalmente gratuita e funciona dentro da rede social. 

A novidade já vinha sendo desenvolvida a cerca de um ano. Contudo, por conta do cenário pandêmico e dos desafios que ele criou para quem atua com comércio físico, a empresa resolveu acelerar o lançamento. 

Como essa nova ferramenta funciona?

O funcionamento do Facebook Shops é relativamente simples. A ferramenta é integrada ao Facebook e permite que o empreendedor selecione os principais produtos que deseja expor em uma vitrine. 

Mas você deve estar se perguntando, isso já não é possível dentro das páginas comerciais? Bom, você até consegue cadastrar produtos no seu catálogo da fanpage, contudo, há uma série de limitações.

Com essa nova ferramenta é possível ter uma vitrine digital personalizada conforme a identidade da sua loja. E tudo isso de forma totalmente gratuita. 

  1. Onde é possível acessar o Facebook Shops? 

Um dos motivos para o Facebook Shops ter chamado tanto a atenção é que ele permite o acesso através do Feed do Facebook, do Instagram e até mesmo Stories. Inclusive, a empresa já avisou que futuramente os planos são que ela seja integrada também ao Instagram, Messenger e Whatsapp. 

  1. Finalização de pagamentos dentro da própria plataforma

Outra grande vantagem que essa ferramenta traz é a possibilidade de finalização da compra diretamente dentro dela. Até então, recursos como o Marketplace do Facebook permitiam que toda a negociação fosse feita dentro da rede social.

No entanto, o pagamento obrigatoriamente era feito fora da plataforma. Tanto pessoalmente quanto através de serviços de pagamentos. 

Mas a novidade permite que o pagamento seja feito dentro do próprio Facebook Shops. Se preferir, o empreendedor também pode redirecionar o usuário para uma página externa de pagamento ou até mesmo usar a opção de mensagem direta. 

Outras novidades do Facebook 

Em maio, além do anúncio do Facebook Shops, a empresa também já falou sobre outras novidades que devem chegar na plataforma em breve. 

De acordo com o comunicado oficial, logo os usuários do Instagram que realizam lives poderão marcar os produtos disponíveis na loja da rede social. 

Não foram dados muitos detalhes sobre quando a novidade seria lançada e se ela será disponibilizada para todos os países com acesso ao Facebook. Mas a dinâmica de funcionamento desse novo recurso também é bem interessante. 

Basicamente o empreendedor fará uma seleção prévia de produtos antes de iniciar uma live no perfil comercial. Esses itens irão aparecer para os expectadores ao longo da transmissão, e os usuários poderão comprar em tempo real.

Esse é um recurso que também deve ajudar os empreendedores, principalmente por estabelecer uma forma mais dinâmica de compra. 

Por exemplo, o vendedor poderá fazer uma demonstração do produto ao vivo e o cliente poderá comprar na hora!

Além disso, o Facebook anunciou que também que está trabalhando em parceria com diversas empresas do e-commerce, tais como: WooCommerce; BigCommerce e Shopfy. O objetivo dessas parcerias é justamente ajudar os pequenos empreendedores que utilizam a rede social a passarem pelo processo de transformação digital e dessa forma modernizarem seus negócios.

Vale a pena investir no Facebook Shops? 

Bom, mas a pergunta que muitos empreendedores estão fazendo atualmente é se vale à pena investir nessa nova ferramenta, tendo em vista que já existem vários recursos disponíveis atualmente. E a resposta é sim. 

É preciso lembrar que atualmente o Facebook é uma das redes sociais mais utilizadas em todo o mundo. E esse novo recurso chega justamente para dar ainda mais visibilidade para o empreendedor. 

Além disso, apesar de muitos empreendedores estarem investindo em posicionamento online nessa crise, ainda há uma certa dificuldade em realmente gerar negócios através de ferramentas digitais.

De acordo com o State of Small Business Report (Relatório sobre a Situação das Pequenas Empresas), divulgado pelo Facebook, 31% dos donos e gerentes de pequenos negócios afirmaram que seus negócios não estão funcionando atualmente. Além disso, 28% reportaram redução e até mesmo ausência total do fluxo de caixa. 

Mas por outro lado, aqueles empreendedores que estão apostando firmemente em estratégias digitais estão obtendo bons resultados. O estudo mostrou, por exemplo, que 51% das empresas entrevistadas registraram um aumento na interação online com seus clientes.

Além disso, pelo menos 35% dos empreendedores alterou as operações para conseguir aceitar pagamentos online. 

A verdade o e-commerce se tornou uma ferramenta indispensável para a sobrevivência de empreendedores nesse período de crise. E ao que tudo indica, essa tendência deve continuar a ganhar força mesmo no pós-pandemia. 

Logo, vale à pena sim investir no Facebook Shops.

Essa é uma possibilidade dos pequenos empreendedores terem uma loja virtual sem a necessidade de altos investimentos em desenvolvimento. E é sempre bom lembrar que o fato dessa ferramenta fazer parte do grupo Facebook é uma grande vantagem. 

Isso porque a tendência é que o recurso se expanda para todos os demais aplicativos que fazem parte da empresa. Com isso, você terá um recurso que oferecerá presença em diferentes canais, e que a principio não irá gerar qualquer custo. 

Quer mais dicas para destacar o seu negócio dentro da web? Então não deixe de assinar a nossa newsletter. 

Growth Hacker, especialista em performance de vendas, anos dedicado ao marketing de empresas varejo e atacado. Analista de mercado com background no mercado financeiro.

Deixe um comentário

Pin It

Assine nossa newsletter

48.000 pessoas não podem estar enganadas.

Não enviamos SPAM. Seus dados estão seguros.