fbpx
Marketing Digital

Influenciadores digitais, valem mesmo a pena?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A era dos influenciadores digitais continua com tudo. O poder da influência é estudado pela psicologia que comprova, há figuras que realmente conseguem influenciar, através da admiração, da comunicação e até mesmo do reconhecimento.

Há anos atrás, quem fazia esse papel eram artistas e celebridades, tudo que aparecia em grandes atrizes virava moda e logo viralizava, por exemplo. Com certeza você deve se lembrar de alguma moda que teve origem em alguma novela ou depois de um evento de premiação.

Com a popularização da internet outro nicho surgiu, o de influenciadores digitais, pessoas que influenciam os seus seguidores e que chamam atenção por ser mais do mundo real do que um artista, por exemplo.

De alguma forma, as pessoas podem se reconhecer no influenciador digital e na vida comum que ele pode apresentar através das redes sociais. Mas será que realmente investir em campanhas com influenciadores digitais dá resultados?

O poder dos influenciadores digitais

O mercado de influenciadores digitais de fato movimenta milhões, exemplo claro desse poder é que grandes marcas já começam a investir nos influenciadores e cada vez mais nas mídias sociais.

Esse tal poder dos influenciadores digitais também se dá pelo fato do brasileiro passar mais tempo na internet do que em outros canais de comunicação.

O grande ‘’segredo’’ está justamente no que mencionamos anteriormente, o fato da identificação, o público alvo se reconhece no influenciador ao mesmo tempo que o admira.

A relação com o público é bem humanizada, no sentido de parecer um amigo que você acompanha todos os dias, sabendo todos os detalhes sobre a vida. E por que não comprar algo que seu amigo experimentou e deu certo?

Mas claro que para todo esse mecanismo funcionar, o influenciador digital precisa ter um bom conteúdo e um público – alvo bem definido e isso é possível através do nicho escolhido.

Por exemplo, há influenciadores digitais de lifestyle, viagem, beleza, humor e afins. 

Números são tudo?

Essa é uma dúvida bem comum quando falamos sobre influenciadores digitais, afinal, quem tem mais seguidores tem o poder de influenciar mais pessoas?

A resposta é não. Já faz um tempo que os números não dizem sobre o poder de influência, o que conta é o engajamento, ou seja, comentários e curtidas em fotos (ao menos no Instagram, a principal ferramenta de influenciadores digitais).

Todo influenciador tem o chamado mídia kit, justamente com números que dão um melhor panorama do que simplesmente a quantidade de seguidores.

O conteúdo ganha cada dia mais a sua relevância, qual a qualidade do conteúdo do influenciador que você deseja contratar? Qual linguagem ele utiliza pra se comunicar com o público? 

Não podemos ainda deixar de mencionar que pesquisas recentes revelam que micro influenciadores digitais, ou seja, pessoas com um pequeno número de seguidores, por vezes, conseguem influenciar mais do que grandes influenciadores.

Tudo isso tem relação com a identificação que já mencionamos, quando o influenciador fica extremamente famoso, ele começa também a estar no patamar da celebridade, de algo impossível de alcançar e isso muitas vezes afasta o público na questão da influência sobre produtos divulgados.

Não estamos dizendo que todo grande influenciador não gera resultados, mas que pequenos influenciadores podem ajudar tanto quanto ou até mais na conversão, tudo isso por um investimento bem menor e por isso acaba sendo uma estratégia vantajosa e que até grandes empresas estão adotando.

Em resumo, escolher o influenciador por número pode te fazer cair em uma grande roubada, com um resultado quase zero.

Quando é hora de apostar neles?

Não existe a hora certa para apostar nos influenciadores digitais, como mencionado, o poder é grande e por isso a qualquer momento essa estratégia pode ser utilizada dentro do seu negócio.

Mas claro, nem toda empresa começa podendo pagar um grande influenciador, há valores realmente altos. Por isso investir em influenciador menor do seu bairro / cidade acaba sendo uma alternativa.

Você pode contratar influenciadores digitais no lançamento de um novo produto, em uma promoção de data comemorativa (por exemplo, dia das mães escolhendo um influenciadora do nicho de maternidade).

Ou seja, não existe data certa, o grande intuito é realizar mais vendas, ter mais seguidores nas redes sociais para acompanhar publicações e conhecer mais sobre a empresa, propagar sua marca e afins.

Lembrando que existem diversas maneiras do influenciador falar sobre sua marca / produto. Com foto no feed, stories, IGTV e Youtube, você deve estudar qual dessas alternativas podem atingir mais o seu público alvo.

Realmente vale o investimento?

Sim, vale o investimento. Os influenciadores digitais conseguem proporcionar um bom retorno, mas claro que tudo isso vai depender da sua escolha.

Por exemplo, se você escolher uma pessoa com engajamento ruim ou que não tenha relação com seu nicho de mercado, as chances do investimento valer a pena se torna baixa.

Mas se você realmente acha que o influenciador tem a cara da sua marca / produto, produz um conteúdo realmente bacana e ainda apresenta um mídia kit legal, as chances se tornam maiores.

Por isso os critérios de escolha são essenciais e vão fazer realmente diferença no resultado final. Levar em consideração detalhes e o seu orçamento podem te levar a pessoa certa e ela não precisa ter milhões de seguidores.

Os seus objetivos também devem estar bem claros para que esse investimento possa ter um retorno, não adianta esperar que somente o influenciador seja o responsável, lembre – se que o direcionar pode ser importante.

Além disso, os influenciadores digitais podem apresentar um valor menor do que outras estratégias de marketing e trazer um resultado mais rápido. O poder das redes sociais é exatamente esse, o influenciador postar e em poucos minutos os primeiros resultados acontecerem.

Comece cotando alguns influenciadores digitais que você já conhece e que produz um conteúdo bacana dentro do nicho da sua empresa. Estudar pequenos detalhes faz parte da estratégia e você pode começar agora mesmo.

Para ficar por dentro de outros assuntos, não deixe de continuar conferindo nosso site, estamos repletos de novidades para 2020.

Growth Hacker especialista em E-commerce, inbound e Branding. Idealizador do projeto e-commerce na Rock Content e com a carreira voltada para a inovação tendo atuado no GOV-MG, Sebrae e Bolt Brasil

Deixe um comentário

Pin It

Assine nossa newsletter

48.000 pessoas não podem estar enganadas.

Não enviamos SPAM. Seus dados estão seguros.