fbpx
Redes Sociais

Linkedin Live: Tudo que você precisa saber sobre essa ferramenta

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Provavelmente você já ouviu falar no LinkedIn, a rede social do mundo corporativo. Diferente do que muitos pensam, a ideia inicial do LinkedIn não é somente fazer contato entre pessoas e vagas de emprego.

O grande objetivo é o desenvolvimento pessoal. Essa rede social serve também para fazer networking, conhecer novas ideias, novos profissionais e até mesmo saber mais informações sobre o mercado de trabalho dentro do seu nicho, em especial.

Com o intuito de se aprimorar ainda mais e seguir as tendências do mercado, o LinkedIn criou o LinkedIn live. E é sobre essa ferramenta que você vai saber detalhes em nosso artigo de hoje.

Afinal, qual a proposta do LinkedIn live?

Como o próprio nome da ferramenta já nos remete, o grande objetivo é oferecer um serviço de live streaming, assim, é possível a transmissão de vídeos e eventos em tempo real.

Bem parecido com recursos que outras redes sociais já trazem, como o Instagram e o Facebook.  A diferença está no objetivo. Já que na LinkedIn live esse ‘’ao vivo’’ pode servir para reunião entre filiais de diferentes empresas, seminários de capacitação e muito mais.

Com essa possibilidade, a rede social do mundo corporativo, deseja aumentar ainda mais o engajamento das pessoas, já que todo processo é mais dinâmico e ao mesmo tempo, agregador.

Fase de experimentação

Porém, se você ainda não viu esse recurso dentro da sua rede social, não se preocupe. Tudo ainda está na versão beta, ou seja, na fase de testes para tentar ajustar detalhes, possíveis erros e afins.

Mas já se sabe que mesmo a ideia sendo parecida com o recurso de outras redes sociais, a forma de utilização será totalmente diferente, já que como mencionado, é uma rede social mais formal por si só e com um objetivo muito claro – crescer profissionalmente.

O LinkedIn live possui algumas ‘’regras’’ para uso, tais como:

  • não será permitido transmitir nenhum tipo de conteúdo pessoal;
  • será baseado em cargos, funções e hierarquias;
  • o foco não vai ser o emocional de quem está por ali, mas sim a capacidade da pessoa de se integrar a um projeto de desenvolvimento pessoal.

LinkedIn live e seus recursos extras

Com todo o rigor e seriedade por trás dessa rede social, o LinkedIn não deixou de pensar em todos os detalhes para garantir ao usuário uma boa experiência na hora de utilizar o LinkedIn live.

Dessa forma, a ferramenta vai contar com outras ferramentas conhecidas no mercado para recursos audiovisuais.

Entre elas podemos citar:

  • Wirecast: software com a capacidade de mesclar vídeo;
  • Switcher Studio: para conferências de multi – tela, tendo a capacidade de 9 telas simultâneas;
  • Wowza Media System: velocidade streaming, que visa realmente a boa experiência do usuário;
  • Socialive: criação de transmissões ao vivo em nível profissional;
  • Brand. Live: focado na venda, é uma plataforma ao vivo ‘’one – stop = shop’’ para marcas e varejistas;
  • Microsoft: O grande dono do LinkedIn e seus recursos.

Podemos perceber que o LinkedIn pensou em todos os detalhes para lançar essa ferramenta, isso mostra muito dos objetivos que a rede social tem, sendo um dos principais a interação e qualidade da relação com o seu usuário.

Porém, claro que a plataforma viu no LinkedIn live a possibilidade de competir com os recursos de outras redes sociais, já que lives podem ser monetizadas.

Ainda não há nada oficial sobre essa possível monetização, porém, é o mais provável de se acontecer.

Recursos do LinkedIn live

Os recursos têm relação com todo e qualquer tipo de evento corporativo, ou seja, desde uma premiação até uma formatura. Outra possibilidade muito legal é do usuário conhecer os bastidores das empresas.

Diversas pesquisas indicam que mostrar esse lado mais ‘’humano’’ da coisa funciona muito bem, tende a cativar o público, que passa olhar a empresa com outros olhos.

Dentro do LinkedIn live será possível mostrar para milhares de pessoas, em tempo real, como é o dia – a – dia da empresa X ou da empresa Y.

Há ainda outros recursos bem parecidos com as outras redes sociais, com o intuito de garantir a interação.

Outro recursos que parece que vai dar muito certo por aqui, tem relação com debates e palestras que podem acontecer em tempo real, é possível trazer um convidado para a Live ou debater um assunto.

Assim, as pessoas vão poder curtir, comentar no que está sendo transmitido e o criador do conteúdo vai poder moderar tudo isso em tempo real. 

 

Dicas para quem deseja crescer a partir do LinkedIn live

Essa ferramenta interessa muito para quem cria conteúdo e para empresas que desejam se destacar dentro do mundo corporativo, até mesmo pela possibilidade de monetização que talvez o LinkedIn live traga.

Porém, é muito importante conhecer bem o público com que você está falando, assim como acontece nas demais redes sociais, é importante saber detalhes sobre a sua persona.

Ou seja, o criador de conteúdo deve lembrar que está falando para pessoas que admiram aquela empresa e desejam um dia estar ali, para ex funcionários, para parceiros e fornecedores e até mesmo para potenciais investidores.

Além do conteúdo bem direcionado, é importante tomar cuidado com a linguagem e até mesmo com a apresentação, como por exemplo, roupas. Mesmo com a informalidade que o mundo virtual nos traz, esse não é o objetivo do LinkedIn live.

Como a ferramenta deseja acessar pessoas dentro do mercado de trabalho, as formalidades do mesmo, continuam por aqui, por isso detalhes devem ser pensados com cuidado.

Assim, para utilizar de todos os recursos que a ferramenta oferece tudo isso deve estar muito claro para quem deseja criar conteúdo por aqui, já que um conteúdo escrito e falado são formas totalmente diferentes de interação.

Um vídeo consegue acessar mais pessoas do que um artigo escrito, por exemplo. 

Se você ainda não têm LinkedIn crie sua conta agora mesmo para usufruir dessa ferramenta o mais breve possível.

Growth Hacker, especialista em performance de vendas, anos dedicado ao marketing de empresas varejo e atacado. Analista de mercado com background no mercado financeiro.

Deixe um comentário

Pin It

Assine nossa newsletter

48.000 pessoas não podem estar enganadas.

Não enviamos SPAM. Seus dados estão seguros.