fbpx
Branding - gestão de marca

Quais atributos indicam uma boa experiência na página de destino? Descubra agora!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Conseguir um bom retorno no Google ADS depende de uma série de fatores. E saber quais atributos indicam uma boa experiência na página de destino é essencial para qualquer marca, influencer ou empresa que queira ganhar destaque no buscador, através de anúncios pagos. 

Essa métrica visa estimar qual a relevância e utilidade do seu anúncio para os usuários. E esse é um dos componentes de Quality Score que vai influenciar de forma direta o custo por clique. 

Como analisar a experiência na página de destino? 

Muita gente não sabe, mas é possível fazer essa analise para cada uma das palavras-chaves que você utilizará. O processo é bem simples, tudo o que você precisa fazer é adicionar a keyword em questão como uma das colunas dos relatórios do Google Ads.

Automaticamente ela será classificada com um dos três níveis: “abaixo da média”, “na média” ou “acima da média”.

Através desse status é que você poderá identificar que tipo de página poderá prejudicar a sua conversão, independentemente se o seu objetivo é gerar um lead ou realizar uma venda. 

Mas afinal de contas, quais atributos indicam uma boa experiência na página de destino? 

Antes de te mostrar quais atributos indicam uma boa experiência na página de destino é preciso ressaltar que é essencial que você faça a mensuração constante das suas métricas. Não há como otimizar o seu site, e-commerce ou página sem dados concretos.

Além disso, esse mapeamento irá te ajudar a entender mais a fundo as consequências de caso modificação. Assim, caso os resultados melhorem ou piorem, você saberá exatamente qual foi a ação que resultou neles. 

Tendo em mente isso, confira abaixo o que o Google considera para gerar essa métrica. 

  • A relação da página com o termo de pesquisa

Um erro muito comum entre quem deseja usar o Google Ads é usar termos em alta, mas que não tenham qualquer relação com a página de destino. Isso acaba sendo prejudicial para seus resultados, afinal de contas, quando o usuário clica no link ele quer receber informações sobre aquilo que pesquisou.

Inclusive, os algoritmos do buscador vão fazer uma varredura completa na sua page para ter certeza que ela realmente tem relação com a palavra-chave. 

Logo, é fundamental fazer um bom trabalho de SEO, usando a keyword várias vezes ao longo do conteúdo, bem como no title. 

  • Conteúdo 

Esse é um atributo que está diretamente relacionado ao anterior. A sua página precisa apresentar informações úteis e interessantes para o usuário para obter mais resultados através dos anúncios. 

Mas atenção, o tipo de conteúdo muda conforme o tipo de página que você tem na web.

Por exemplo, vamos supor que ela seja uma LP de um curso online. O ideal é colocar o máximo de informações sobre o produto digital que está sendo oferecido, tais como: 

  • Quantos e quais os módulos;
  • Tempo de duração da formação;
  • Se existem conteúdos extras que serão disponibilizados;
  • Quem é o criador do material;
  • Depoimentos de alunos entre outros dados. 

Agora, se estamos falando de uma loja virtual o foco deve ser as mercadorias. É essencial postar fotos em boa qualidade (de preferência reais e não meramente ilustrativas), bem como descrições detalhadas e até mesmo reviews de clientes. 

O importante aqui é fornecer um conteúdo que agregue algo para o consumidor. 

  • Usabilidade 

De nada adianta ter um site, blog, LP ou e-commerce super completo se ele não tem uma boa usabilidade. Pense da seguinte maneira, o Google quer entregar a melhor experiência para o usuário.

Logo, você acha que ele vai entregar bons resultados de ADS para uma página que seja difícil de navegar? Com toda certeza não. 

Ter muitos pop-ups, imagens pesadas, grandes blocos de textos e outros elementos que dificultam a navegação só vai prejudicar a sua métrica de experiência. 

Por isso é essencial também tomar cuidado com esse atributo. 

Tenha um layout organizado, fluído e intuitivo. Além disso, não se esqueça de orientar os elementos pensando no mobile e também na experiência do seu público.

Você até pode usar itens como pop-ups, mas também utilize o bom senso para não exagerar. 

  • Página responsiva 

Atualmente cerca de 70% dos acessos a internet no Brasil são feitos através de dispositivos móveis. E dependendo do nicho, essa porcentagem pode ser ainda maior, como é o caso do e-commece. 

Logo, mais um dos itens da lista de quais atributos indicam uma boa experiência na página de destino é o de responsividade. Ela nada mais é do que o modo como a sua page se adapta a diversos dispositivos, mas sempre focando no que chamamos de “mobile first”.

É muito comum que marcas, empresas e profissionais criem suas páginas testando apenas no computador. Mas isso é um grande erro levando em conta o alto número de acessos via mobile. 

Por isso, ao desenvolver a página, inserir conteúdo e até mesmo elementos visuais, sempre teste em smartphones e tablets. Somente assim você vai conseguir notar erros comuns que não prejudicar a métrica de experiência, como banners que não redimensionam ou pop-up que ocupam toda a tela. 

  • Tempo médio de carregamento

O tempo de carregamento de uma página da web equivale ao tempo de espera de uma pessoa em uma loja, consultório ou comércio. Ou seja, quanto menor ele for, melhor!

E acredite, esse é um fator de grande peso para conversão. Imagine só, você fez um excelente anúncio, a página está completa mas quando o usuário clica no link ele demora muito para carregar, e muitas vezes não carrega os elementos por completo. 

Provavelmente essa pessoa vai desistir do acesso. 

De acordo com o Google o tempo de carregamento ideal é de 3 segundos. E existem várias formas de você otimizar esse atributo, tais como: imagens leves, plugins otimizados e scripts assíncronos. 

Ao dedicar uma atenção especial para cada um dos atributos citados acima, as chances de você melhorar a sua métrica de experiência serão maiores. E consequentemente a probabilidade de conversão também. 

Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no mundo do marketing digital! 

Growth Hacker, especialista em performance de vendas, anos dedicado ao marketing de empresas varejo e atacado. Analista de mercado com background no mercado financeiro.

Deixe um comentário

Pin It

Assine nossa newsletter

48.000 pessoas não podem estar enganadas.

Não enviamos SPAM. Seus dados estão seguros.